Publicidade

Publicidade
22/02/2010 - 15:00

Por uma vida menos ordinária

Compartilhe: Twitter

Não importa o quão abrasivo seja o sol. Pra quem vive em Sampa, os dias nessa época do ano sempre acabam cinzentos e, por conta do lixo e de quem se lixa, em águas turvas que congestionam toda e qualquer via pública – principalmente aquela debaixo do nosso nariz. Poderia ser uma metáfora, mas não é: entre uma onomatopeia sem fim de buzinas que podem ser ouvidas aqui da minha janela, já deu pra farejar a enchente e sacar que a coisa vai longe. Pra variar, estico o expediente (ando trabalhando demais ultimamente), mas a concentração me deixou no vácuo…

balanco-tropicalia-patricia-urquiola-micasaPor uma vida menos ordinária: a poltrona “Balanço Tropicália”, da designer Patricia Urquiola, disponível no Brasil através da Micasa © Divulgação

Há momentos em que dá vontade jogar a toalha e ficar “de boa”, como dizem os manos, à toa na vida, vendo a banda passar. Tô numa dessas. Daí, como bom DDA que sou (tenho uma capacidade fora do comum para me refugiar em cantinhos secretos da mente, onde ninguém me encontra), me transportei para outra dimensão, visualizando-me largado à bordo de uma limonada suíça nessa poltrona-casulo suspensa, retro-futurista (modelo Balanço Tropicália, desenhada pela espivetada Patricia Urquiola, à venda na Micasa), no melhor estilo “Mon Oncle” – alguém aí viu o filme do Jacques Tati?

E eis que bate um desejo incontrolável de fuga, de recreio-veraneio na varanda, por uma vida mais colorida – e menos ordinária. Amanhã tem mais cor (e menos down, espero).

+ micasa.com.br

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , ,

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo