Publicidade

Publicidade

26/03/2010 - 17:08

Foto em casa

Compartilhe: Twitter

Já escrevi aqui muitas vezes sobre o espaço que a fotografia vem ganhando entre as artes plásticas e, consequentemente, potencializando o seu status enquanto um dos elementos mais bem cotados na decoração contemporânea – até pela acessibilidade.

Coloridas ou p&b, fotografias sempre causam sensação quando penduradas como quadros, contracenando com pinturas (ou substituindo-as mesmo); apoiadas no chão ou sobre um aparador, e sobrepostas enigmaticamente, compondo um mosaico.

A tendência está aí e é um prato cheio pra quem curte, como eu. Infelizmente, não tenho (ainda) nada de Pierre Vergé, Robert Mapplethorpe, Sebastião Salgado, Mario Cravo Neto ou Cartier Bresson, e morro de inveja (branca) do Otto Stupakoff da minha amiga Patricia Favalle. Mas devo dizer que tenho um certo orgulho da minha pequena coleção.

Faz quase 12 anos que colaboro ativamente para o mercado de luxo (dez deles, só na Vogue). Tanto tempo lidando com excelência gráfica, onde a matéria-prima (uma boa foto) é fundamental, me deu certa expertise para identificar que aqui no Brasil existem bons fotógrafos, excelentes fotógrafos e os melhores fotógrafos. E existe Romulo Fialdini, na minha modesta opinião, acima de qualquer categoria classificatória.

Enquanto os grisalhos balzaquianos pipocam entusiasmadamente na minha cabeça, olho para trás e percebo que nunca vi uma foto “mais ou menos” do cara – quem leu a Casa Vogue de fevereiro, já sacou a admiração que tenho por ele – a sacada, o ângulo, o recorte, a luz e a poesia por trás do clique são inconfundíves.

Tudo isso para dizer, orgulhosamente, que meu cafofo acaba de ser condecorado (afinal, ele merecia!) com um take incrível do elevador Lacerda, de Salvador, com assinatura do mestre Romulo. Iria postar a tal imagem aqui, mas daí fui mais longe e resolvi mostrar um pouquinho do universo estético do artista por trás das lentes. De quebra, você ganha uma dica de decoração infalível: leva estilo, personalidade, traquitanas chiques e, como não poderia deixar de ser, muitas fotos. Com vocês, o fabuloso mundo de Romulo!

Autor: - Categoria(s): Artes, Décor Tags: ,
23/11/2009 - 18:37

Blue de mer

Compartilhe: Twitter

blue-de-mer

Na garupa do último post, olha só que “inacrê” essa imagem clicada por Giovanna Nucci, que amanhã abre as portas do seu estúdio (na Rua Natingui 1458, Pinheiros) para mostrar a Série Azul, ensaio com 20 imagens do mar feitas no Rio, em Floripa e na República Dominicana. No traço-limite entre o registro fotográfico e a arte, fascinada pelo azul-marinho, Giovanna trabalha com uma abstração quase monocromática, que impressiona pela poética da paisagem e faz o expectador querer mergulhar de cabeça dentro de cada fotografia. “Ainda que eu seja muita crítica, meu olhar é sempre benevolente e tendo a ver o melhor de tudo”, diz. E lembre-se de que as fotos estão em alta no mercado das artes e super in no décor.

Autor: - Categoria(s): Artes Tags: ,
26/09/2008 - 10:19

Nos domínios de Testino

Compartilhe: Twitter


Já faz alguns meses que eu voltei do Peru, mas quando estive lá, a organização da Casa Cor já estava meio que mobilizando Lima, a capital, com toda pompa e circunstância, para receber esse mega-evento que começou anteontem e vai até 2 de novembro.

Surpresa I: Marcelo Rosenbaum, o tal, é o único brasileiro a participar da festa dos hermanos, assinando o Loft do Jovem Colecionador de Arte. “O espaço está super bacana, é o olhar dele sobre a cultura peruana, os artesões, as galerias de arte e as pessoas do lugar”, contou a fofíssima Bia Azevedo, a big profissional por trás da Marqueterie, que cuida da comunicação do Rosenbambambã…

Surpresa II: Na festa de inauguração, Mario Testino, fotógrafo peruano velho conhecido dos voguetes mundo afora, amigo de Madonna e Anna Wintour, era só alegria no ambiente do Marcelo. Nada estranho, considerando que ele é entusiasta de novidades. E, vamos combinar, Rosenbaum entende do riscado…

Autor: - Categoria(s): Arquitetura, Artes, Décor Tags: , , , , , ,
21/08/2008 - 13:24

Taba

Compartilhe: Twitter

Por falar em MCB, o Museu da Casa Brasileira e a Secretaria de Estado da Cultura, lançam a mostra “A Casa Xinguana” no próximo dia 19 de agosto, às 19h. O evento terá a participação de Milton Guran, curador da mostra, Carlos Fausto, antropólogo (Museu Nacional-UFRJ) dedicado ao estudo dos Kuikuro, Mutua Mehinaku Kuikuro, professor e presidente da Associação Indígena Kuikuro do Alto Xingu, e Carlos Lemos, professor titular de pós-graduação no departamento de História da Arquitetura e Estética da FAU-USP.


As 46 fotos em preto e branco da exposição, feitas em 1978 por Milton Guran, revelam aspectos tradicionais da cultura xinguana começando a dialogar mais estreitamente com a cultura nacional. Há também uma representação virtual em animação eletrônica das etapas construtivas da casa xinguana, além de uma maquete para facilitar a compreensão dos aspectos técnicos desta solução arquitetônica. A mostra, terceira edição do projeto Casas do Brasil do MCB, é patrocinada pela Kostal Eletromecânica, subsidiária do grupo alemão LK – Leopold Kostal.

Autor: - Categoria(s): Artes Tags: , , , , , ,
Voltar ao topo