Publicidade

Publicidade

26/08/2009 - 12:34

Suave é a noite

Compartilhe: Twitter

Paisagem de Nice, região costeira da França conhecida como Cote D’Azur ou Riviera Francesa / foto: Reprodução

Parafraseando Fitzgerald (o escritor, não a Ella), vou dar um pulinho ali na Cote D’Azur e já volto – uma work-trip daquelas, com pompa e circunstância de férias. Mando notícias do mundo de lá, na medida do possível – como faço sempre que encontro algo descolex deste nosso universo esteta. Beijão e até a volta!

Autor: - Categoria(s): Arquitetura, Artes, Casa Vogue, Décor, Design Tags: , ,
04/05/2009 - 18:14

Cada um no seu quadrado

Compartilhe: Twitter

Como blogueiro pseudo-vanguardista que sou, vivo bradando odes aos polímeros, resinas, metais, vítreos e afins. Mas, no final das contas, minha matéria-prima predileta continua sendo ela: sua majestade, a madeira.

Passei o fim de semana com uma turminha fantástica em Campos de Jordão (Sérgio, Marcelo, Johnny, Ricardo, André, mais os mascotes Kim & Kenzo) e quase tive uma síncope a cada nó de pinho atirado à lareira – por pouco não trouxe alguns fragmentos comigo, inclusive. Gosto dos desenhos que o tempo se encarrega de esculpir nos troncos, dos veios e relevos naturais cavados aqui e ali. E quem não gosta? Já reparou como é bacana usar restos de toco na decoração? Taí uma estética em que nossas avós já apostavam e que continua super up to date

Quase tive uma síncope a cada nó de pinho atirado à lareira. Madeira queimada só é legal no trabalho incrível de artistas como Frans Krajcberg / foto: acervo pessoal

Enquanto os meninos derretiam seus marshmallows no espeto, entre um causo e outro do além-túmulo, me senti absolutamente acolhido pela madeira – a que crepitava no fogo e a que vestia a casa, correndo em tábuas semirrústicas no chão e subindo pela escadaria tipo esqueleto, deixando um cheiro de aconchego provençal no ar, no compasso dos móveis e objetos – tudo era madeira no pied-a-terre de look neocolonial escandinavo (Sergio, o anfitrião, também é maluco por ela. Tanto ao ponto de querer plantar uma parede inteira de peroba no seu apartamento, aqui em Sampa).

A mesa Quadri, do designer Zanine de Zanine, disponível na Dpot / foto: Divulgação

Nos embalos do finde, escolhi abrir a semana com um post sobre um “marceneiro” da nova geração que eu adoro: Zanine de Zanine. Seguindo os passos do pai (o grande Zanine Caldas, como já contei aqui ), o designer aposta todas as fichas no material, com a intuição do próprio DNA, inspiração in e um olhar sempre apurado. Um dos seus últimos lançamentos, a mesa Quadri (foto acima), combina quatro lâminas de madeira em efeito contemporâneo. Tá à venda na Dpot (www.dpot.com.br).

Para completar o lado lúdico do post, a dupla Kim & Kenzo, orientalíssimos e estilosos como os seus respectivos nomes. E finos como o seu dono. Veja:

A dupla de chow-chows Kenzo (esq.) e Kim, que ajudaram a esquentar o finde gelado em Campos do Jordão / foto: acervo pessoal

Autor: - Categoria(s): Décor, Design Tags: , , , , , , ,
20/04/2009 - 22:27

Carnet de voyage

Compartilhe: Twitter

E eu tô de molho por ordens médicas. Nada grave, ainda mais depois de assistir ao estupendo Le Scaphandre et le Papillon, dramalhão francês de Julian Schnabel, que concorreu a 4 estatuetas do Oscar com esta autobiografia de Jean-Dominique Bauby, editor da revista Elle (após um derrame cerebral, os movimentos do cara ficam resumidos ao abrir e fechar de um único olho – que ele usa para se comunicar e escrever um livro, por mais absurdo que isso possa parecer). Veja no trailer via You Tube:

No clima deste feriadão nostálgico, hoje e amanhã, como prometido, segue um fragmento dos diários de bordo das minhas últimas andanças pelo mundo, reproduzidos aqui a partir das matérias que acabamos de publicar em Casa Vogue. Voilá!

Autor: - Categoria(s): Casa Vogue Tags: , , , , ,
28/10/2008 - 15:48

Bom filho…

Compartilhe: Twitter

Oiê! Tô de volta, com uma mala de curiosidades – que ainda não tive tempo de desfazer – sobre as paradas que visitei. Aos pouquinhos, vou contar tudo para vocês… E prometo responder os coments na medida do possível!

Até lá, o desafio é assimilar o turbilhão de babados que rolaram – ou que ainda estão rolando – por aqui. Na seara das artes e do design, nosso tricô diário, tem produto novo na praça, expos maravilhosas, Karim Rashid (de novo e sempre!) e Bienal vazia (com pichação anunciada e tudo). Vou lá ver o que tem de bom para contar para vocês. Mas antes gostaria de saber o que os caros leitores deste blog, estetas do coração, acham dessa onda anarco-spray que tomou o circuito de assalto – começou nos muros da universidade, transbordou para a Choque Cultural e, agora, invadiu a maior mostra de arte contemporânea da paulicéia.
Digam lá!

Na minha mais modesta e óbvia opinião (entusiasta da street art), acho que toda manifestação artística é válida, desde que ela não interfira/agrida em obras pré-existentes e não viole o espaço alheio… Pichar o “vazio” proposto por Ivo Mesquita e Ana Paula Cohen no primeiro andar do Pavilhão da Bienal arrancou aplausos de alguns, e protestos de outros tantos. E você, o que achou? Antes de responder, se possível, leia na Ilustrada de hoje as críticas de alguns cardeais do assunto sobre o tal vazio…

Pegando o gancho – que não tem nada a ver com pichação, mas tem tudo a ver com arte de rua -, saca só a foto que fizemos lá no porto de Vólos, Grécia. É o trabalho de osgemeos transbordando fronteiras…

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , , ,
16/10/2008 - 13:22

Carnet de voyage

Compartilhe: Twitter

Alô, alô, aqui do velho continente! Sei que prometi notícias on board, mas o tempo anda mais escasso por essas bandas do que lá na redação – e olha que tenho dormido pouco! Já passei pela Grécia, pela Turquia e pelo Egito.

Colhi impressões estéticas fantásticas que divido com vocês na volta – além das traquitanas maravilhosas que levo comigo, no melhor estilo caixeiro viajante. Agora estou a caminho da Itália e, logo mais, Paris. Enquanto isso, saca só uns recortes do meu diário de bordo. Fotos by André Rodrigues.

Clássicos do Egito: Queops e a Esfinge


A nova biblioteca de Alexandria.


Baía de Lindos, Rodhes, Grécia.


Ruínas do templo de Artemis, em Kusadasi.


Chão de mosaicos em ruínas de Lindos


Vista de Makrinitsa, Vólos, Grécia


Ruínas de Ephesus, Turquia.


Tapeçaria artesanal em Kusadasi, Turquia.


Forte de Kusadasi, visto do Porto.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , , , ,
Voltar ao topo